Arquivo mensal: março 2010

prontofaleiacabou

Padrão

Depois de meses na mais absoluta reclusão, cercada unicamente de livros e preocupações, depois de metade do meu cabelo cair de stress, depois de me tremer de cima a baixo pra fazer a prova oral, bem, voltei à vida, passei no concurso, e agora tudo pode voltar ao normal. até que tudo mude novamente, e eu tenha que me adaptar. achei que a sensação de dever cumprido fosse me relaxar mais, mas a verdade é que quando você passa muito tempo num nível de stress tal, demora mesmo pro corpo, e principalmente pra cabeça, voltar ao normal. no dia seguinte ao resultado acordei às 5 da manhã, como se ainda tivesse que estudar. ainda pego um romance pra ler e me sinto culpada e cansada, e logo o ponho de lado pra fazer alguma coisa “mais útil”. meu marido diz que estou viciada em stress, o que, francamente, acho que é verdade. se alguma coisa não estiver me preocupando, eu arranjo logo logo um problema pra resolver.

mas quando eu me lembro de todo o caminho que percorri, o alívio é maior que a felicidade. nem quero festejar. e eu só quero silêncio, silêncio, silêncio. só quero poder dormir. só quero poder trabalhar. só quero poder ficar com minha família, sem ter que me desculpar. só quero almoçar com meus amigos. só quero ser eu mesma, porque esse – essa fidelidade – é o título que eu mais almejo.