Orhan Pamuk. O Castelo Branco.

Padrão

“Mas hoje me parece que, na verdade, minha vida teria sido mudada se o capitão não houvesse tido aquele ataque de pânico. Muita gente crê que a vida nunca é determinada de antemão, e que todas as histórias são na verdade uma cadeia de coincidências. Ainda assim, mesmo os que acreditam nisso, quando atingem um certo momento da sua existência e olham para o passado, chegam à conclusão de que todos os acontecimentos que viveram eram afinal inevitáveis.”

Anúncios

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s