não tente fazer isso em casa

Padrão

sabe aquela sensação que a gente tinha, aos 15 anos, que podia fazer qualquer coisa? que tinha “o resto da vida” pela frente? que tudo era possível? a-c-a-b-o-u.

cheguei à conclusão de que, pra algumas coisas, já é tarde. me vejo agora fazendo contas dos anos que ainda me restam pra dar tempo de passar num concurso definitivo, ter um filho,  pagar as contas de um empréstimo bancário para a compra de um apartamento. me pego me achando velha demais pra morar pelos interiores. me pego com medo do fracasso. me pego cansada cedo demais (na semana passada, ter ido a um casamento no sábado me deixou o domingo inteiro meio mole).

pois os meus limites se me apresentaram (isso tá certo?), e eles me apavoram um pouquinho. queria ser tão segura quanto sempre sonhei que seria. queria ter um roteiro, um mapa, um manual de instruções. queria ter um colchão de segurança à prova de erros. em vez disso, vou me debatendo para aceitar responsabilidades, escolhas e dificuldades inerentes à vida pré-maturidade. pós-papai-e-mamãe. na antesala do futuro.

de vez em quando me pego reconhecendo – tristemente – que o sucesso dos outros também me frustra. que minha frustração me frustra. que o meu medo pré-frustração é ainda pior que a frustração em si.

o que é ridículo é pensar que, se o anjo da morte me perguntasse, agora, o grau de felicidade que tenho/tive em minha vida, eu venderia meu peixe bem alto e arriscaria responder que não imaginar ser mais feliz do que sou.

o que me leva a crer que todo esse meu blá-blá-blá é só decorrência da sensação do ei-tá-tudo-acontecendo-agora-se-apresse. é produto do estar todos os dias em meio a situações completamente novas pra mim. é consequencia de admitir que, pra esse aprendizado, eu tô absolutamente sozinha, assim como todo mundo.  

ora, eu, como qualquer pessoa, não quero falhar de um jeito que não possa consertar depois. queria ter 15 anos só agora, tendo vivido quase 28.

Anúncios

Uma resposta »

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s